Domingo, 17 de Outubro de 2021
26°

Poucas nuvens

Paripiranga - BA

Meio Ambiente Bahia

Exposição fotográfica na Biblioteca Central aproxima público a temas ambientais

A ação, que segue até o dia 15 de outubro, conta ainda com distribuição de mudas de árvores nativas, e tem o objetivo de aproximar a comunidade estudantil a temas ligados ao meio ambiente e sustentabilidade.

21/09/2021 às 18h15
Por: Redação Fonte: Secom Bahia - (Pamela Simplício)
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Para celebrar o Dia da Árvore (21), a Biblioteca e Memorial do Meio Ambiente Milton Santos, que funciona no térreo da Biblioteca Pública do Estado, nos Barris, em Salvador, promove a partir desta terça (21) uma exposição fotográfica que reúne imagens de Rui Rezende, fotógrafo especializado em natureza. A ação, que segue até o dia 15 de outubro, conta ainda com distribuição de mudas de árvores nativas, e tem o objetivo de aproximar a comunidade estudantil a temas ligados ao meio ambiente e sustentabilidade. 

De acordo com a coordenadora da Biblioteca do Meio Ambiente, Luciana Cruz, a ação foi pensada com uma atividade educativa para atrair novamente o público que frequentava o local antes da pandemia. “Através da mostra fotográfica, o público pode conhecer um pouco mais do trabalho de Rui Rezende e refletir sobre a relação homem/natureza. Temos que estimular a educação ambiental para esses jovens e a responsabilidade deles com o meio ambiente”, explica.

“A biblioteca tem que ser além de um espaço de estudo e pesquisa escolar, mas como um lugar para sociabilizarmos nossos conhecimentos. Por causa da pandemia e dos protocolos de segurança, nossas atividades ficaram mais pontuais e com hora marcada. Com o avanço da vacinação do nosso público, pudemos retornar as nossas atividades com funcionamento normal, das 10h às 16h”, pontuou a bibliotecária, Nádia Cristina Xavier.  

O Memorial do Meio Ambiente Milton Santos é um espaço que possui um acervo de 11 mil publicações voltadas para área ambiental, além de uma infraestrutura climatizada para estudos e com acervo disponível em versão digital. O espaço é resultado da parceria entre a Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema), o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), a Secretaria de Cultura (Secult) e a Fundação Pedro Calmon.

Além de assuntos ligados à ocupação do território baiano do século 16 ao 21, as principais características dos biomas baianos e a evolução ambiental do estado da Bahia, Nádia destaca a importância do acervo da biblioteca. “Temos disponível um vasto número de pesquisas e relatórios ambientais, informações que na internet não seriam facilmente encontradas, além de livros sobre a vida e o trabalho do professor baiano Milton Santos”, finaliza.

Fonte: Ascom/ Sema

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias