Terça, 27 de Outubro de 2020 19:55
75 99918-2521
Política Sergio

Sergio Moro pede demissão do Ministério da Justiça

O ex-juiz, celebrizado pela operação Lava Jato e que recebeu de Bolsonaro carta branca para combater a corrupção e o crime organizado, deixou o cargo após a exoneração do braço direito dele, o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

27/04/2020 00h03
62
Por: Redação Fonte: JN
Sergio Moro pede demissão do Ministério da Justiça

Terminou nesta sexta-feira (24), de forma avassaladora, a passagem de Sergio Moro pelo Ministério da Justiça do governo de Jair Bolsonaro. O ex-juiz, celebrizado pela operação Lava Jato que recebeu do então presidente eleito carta branca para combater a corrupção e o crime organizado, deixou o cargo após a exoneração do braço direito dele, o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

Desde quinta-feira (23), a intenção do presidente de afastar Valeixo tinha provocado rumores de que o ministro entregaria o cargo, mas enquanto esperava que Bolsonaro avaliasse ao menos que o substituto de Valeixo fosse indicado por ele, Moro, uma edição extra do Diário Oficial desta sexta decretava a exoneração e surpreendia o ministro da Justiça, porque o documento oficial trazia a assinatura dele, além da do presidente, e ainda informava que a exoneração tinha sido um pedido de Maurício Valeixo.

No início da noite, o Diário Oficial foi reeditado. Desta vez, sem a assinatura de Sergio Moro no decreto. Mas o estrago estava feito. A demissão de Valeixo foi a gota d’água para Moro, que vinha sendo esvaziado, dentro do governo, há meses.

Ele avisou à imprensa que faria um pronunciamento às 11h, em Brasília. No horário marcado, diante dos jornalistas e de integrantes do Ministério da Justiça, o ex-juiz anunciou que deixava o governo. Mas também fazia acusações graves ao presidente Jair Bolsonaro - que reverberaram o dia todo - e que levariam o presidente também a fazer um pronunciamento menos de seis horas depois.

No discurso, em parte improvisado e em parte lido, Bolsonaro negou qualquer interferência política ao substituir Valeixo. E ainda acusou Moro de ter exigido a nomeação para o Supremo Tribunal Federal para aceitar a saída de Maurício Valeixo.

O Jornal Nacional procurou o ministro para cobrar provas das acusações que ele havia feito publicamente ao presidente pela manhã. E o ex-ministro Moro as apresentou. E é essa sucessão de fatos que o Jornal Nacional mostra nesta edição.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Paripiranga - BA
Atualizado às 19h40 - Fonte: Climatempo
27°
Pancada de chuva

Mín. 21° Máx. 33°

28° Sensação
23 km/h Vento
61.6% Umidade do ar
80% (7mm) Chance de chuva
Amanhã (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (29/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias